sexta-feira, 27 de novembro de 2009

"Eu voltei, agora pra ficar/ Porque aqui, aqui é o meu lugar..."

Não gente. Eu (AINDA) não morri. Quero dizer, meu fim está próximo com esse calor que me estressa profundamente, mas minha hora ainda não chegou.Sim, ainda tenho algum tempo para postar filmes aqui pra vocês. YEAH!

Tenho visto tantos filmes, mas a mistura net discada e faculdade longe pra dedéu tem me impedido de postar com frequência. E que saudade que eu sinto de escrever aqui! Ai, a lista é extensa e, pra acabar logo com ela, o post vai ser enorme³ pra eu poder comentar sobre todos eles.


• Cidadão Kane (Orson Wells)

Cinéfilo que se preze TEM QUE ter visto esse filme, que é considerado o melhor de todos os tempos. É obrigatório. Pré-requisito. E fazer faculdade de jornalismo tem essas vantagens e, claro, meu professor de cinema passou esse clássico dos clássicos - um dos poucos filmes "normais" do período.Orson Wells é mesmo um gênio e o filme é perfeito. Em todos os aspectos. Não tem nem muito o que comentar porque seria só uma rasgação de seda sem fim. Bom, resumindo: um filmes mais do que recomendado e agora posso dizer realmente SouCINÉFILA porque vi o MELHOR filme de todos os tempos!


Esse é O cara. Tanto Wells quanto Kane.



• O cão Andaluz (Buñel)

Filme surrealista. Bom, isso já diz muita coisa e este filme encabeça a lista dos "anormais" passados pelo meu querido

professor Mariani. Mas sabe que eu gostei? É uma viagem na maionese, mas uma viagem divertida. E, claro, melhor ainda é tentar ficar descobrindo o significado de cenas como um homem arrastando um piano com bois em cima, que estão presos a padres quase enforcados, etc. Ah, só um adendo: a cena em que uma mulher corta o olho que me dá calafrios até hoje.

Não queiram ver o que passa depois...




• Metropolis (Fritz Lang)

Filme expressionista alemão da década de 20. Impressionantes observar os efeitos especiais em uma época onde recursos eram tão escassos. História maravilhosa. Roteiro maravilhoso. Enfim, muito bom. Agora, só falta ver o final, né, porque não deu pra ver o filme todo. Mas garanto que a parte que eu vi é boa!

Uma das melhores cenas de ficção científica da história


• Alemanha, ano zero (Roberto Rossellini)

Filme neo-realista italiano completamente filmado em Berlim, 1947, completamente destruída pela 2ª G.M. Conta a história de um menino de doze anos que precisa sustentar a família cujo pai está velho demais, o irmão tem medo de ser preso pelos americanos e a irmã trabalha como garçonete à noite. A história do amadurecimento forçado de um garoto e de um país inteiro. Legal ver o carregamento de simbologia anti-nazismo que Rossellini nos apresenta. E fica a dica que ele nos passa: cuidar da infância porque afetá-las é trazer consequências para uma geração.

O menino de "Alemanha, ano zero"

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ola Marcelle, é uma boa lista. Porem mesmo sendo um otimo filme nao considero a saga de Charles Foster Kane o melhor filme de todos os tempos, mas Orson Welles deu show escrevendom produzindo, dirigindo e atuando. Legal tambem que tem dois filmes de movimentos cinematograficos como o Neo Realismo e o Expressionismo ( embora hajam controversias sobre Metropolis e o expressionismo, pois Fritz Lang era contra modismos). Mais o melhor de tudo foi a postagem de um dos meus preferidos que é justamente este, Metropolis, que voce jamais poderia ter visto todo mesmo pq 1/4 do filme foi perdido depois da guerra! parabens pela postagem!

    ResponderExcluir
  3. *Olho tremendo* Filmes... Antigos... Gniiii... Eu tenho um problema com eles... *Esconde a mão no rosto*

    ResponderExcluir
  4. Poxa, Pedro. Não vi Metropolis inteiro por culpa do meu professor que pulou umas cenas mesmo! Hahahaha! Mas pretendo alugar assim que entrar de férias.

    ResponderExcluir
  5. menina cinefilaaaaaaa! sumiu msm, ate da igreja! :/ haha
    eu nao vou comentar mt pq só de ler q vc ta fazendo jornalismo *-* e ainda por cima tendo aulas de cinema, ja me da uma afliçao! hauauah
    bjoo

    ResponderExcluir