sábado, 28 de novembro de 2009

2012 - "Isto é o fim do mundo, baby..."


(Primeiramente, perdoem-me o estado do texto anterior. A letra saiu grande demais e eu não consegui mudar.)

As pessoas têm um certo preconceito com filmes blockbusters. Eu mesma às vezes acho que são só feitos pra arrecadar dinheiro enquanto passamos duas horas nada produtivas dentro de uma sala escura. Entretanto, de vez em quando saem uns filmes pipocas legais que valem o preço do ingresso cobrado.

"2012" é um desses filmes. Eu não preciso contar a história porque até o meu sobrinho de três anos já deve saber do que o filme se trata. Mas, para que eu mesma me situe nesse pequeno texto, vou contar assim mesmo. O filme narra a história do apocalipse previsto pelos maias no dia 21 de dezembro de 2012, no qual uma grande onda de efeitos solares afetarão a Terra - Aaparte científica é meio complexa de explicar, mas não é nada de importante, só os caras usarem uns nomes difíceis que todo mundo entra no clima - Concomitantemente, John Cusack interpreta um cara separado, com dois filhos que ele nunca vê, ainda apaixonado pela ex-mulher, que pouco antes do caos tem a dificil missão de...levar a criançada para umas férias (sim, você já viu isso em algum filme). Claro, que ele acaba indo parar exatamente onde está havendo um estudo sobre os tais efeitos solares e "entra de gaiato" na confusão (sim, voce também já viu isso em algum filme)

É, parece que eu comecei a crítica meio mal. O tema é batido, a história idem, você sabe exatamente o que vai acontecer, mas mesmo assim eu gostei. O filme me deu tanta comichão na cadeira que eu não conseguia ficar parada! A minha amiga Ana disse que parecia que eu estava lá dentro. E é essa sensação que o filme acaba passando. Os efeitos são maravilhosos e, dando uma de vidente aqui, acho que vai acabar ganhando o Oscar ano que vem. Como todo filme-catástrofe, tem a agonia de você achar que as pessoas vão morrer, seja, afogadas, sufocadas, prensadas, explodidas ou queimadas. E, pode me chamar de inocente, mas dá mais agonia ainda porque tudo parece muito real. Como os efeitos são bem feitos, você acaba entrando naquilo tudo.

Tudo bem, tem muita mentira. O protagonista é sempre um super-homem, dirige em alta velocidade, está sempre pronto para salvar todo mundo e tudo aquilo que a gente já sabe de cor. Mas, sei lá, nesse caso, tudo funciona. Não parece forçado. E quem disse que tudo no cinema precisa ser verdade? Essa é a graça! Ver um cara voando a 200/hora num trailer correndo de meteoros em chamas!

John Cusack, claro, está sexy como sempre - eu tenho um gosto bem esquisito e a Ana ficou me lembrando disso o filme todo- Hum, ele interpreta bem também. A Amanda Peet é só a mãe e ex-mulher. Tá bem também. Tem um cara bonitão, loiro e gostoso que a Ana adorou. Prestamos mais atenção nos seus belos olhos, mas ele deve estar bem também!

Agora, só uns adendos: por que todo fime-catástrofe tem que ter uma criança pentelha? Aliás, várias crianças pentelhas? Por que o filho do protagonista nunca gosta muito do pai? E por que a menininha é sempre fofinha e meio medrosa, ou com algum problema? Sempre achava que a Dakota Fanning ia acabar aparecendo berrando como uma histérica, direto de "Guerra dos Mundos"... E, claro, porque todo presidente americano é sempre autruísta, nobre e bondoso? Até parece que ele ia morrer pra "salvar o povo americano"... Ia ser o primeiro a picar a mula! E não ficar lá dando uma de herói, enquanto os outros chefes de Estado, tão malvados, pagam 1 bilhão de euros para não morrer.

Bom, tirando esses detalhes inevitáveis: afinal, crianças sempre dão um tom fofo e inocente e o filme é americano então tem aquela adoração ao presida, vale muito a pena assistir. Mais ainda porque não é um filme deprêzão, sabe? Sem contar nada importante, você não sai querendo se suicidar porque o mundo vai acabar em 2012, graças a Deus. Porque seria muito chato sair pra matar as saudades de uma amiga acabar querendo me matar.

10 comentários:

  1. po, tenho q ver esse filme pra ver se o john cusack esta sxy como semrpe¬¬

    ResponderExcluir
  2. Já li muitas coisas sobre "2012" e só me vem uma coisa na mente, "Guerra dos Mundos".Já ouvi muitas opiniões negativas e muitas positivas, só vendo mesmo pra ter a minha. Mesmo porque quem já viu Guerra dos Mundos vê qualquer outro filme catástrofe (não que GdM se encaixe plenamente nesse rótulo, pelo menos na minha concepção).

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu continuo achando q o mundo acabará em 2016, bem no dia do inicio das olimpíadas! haha \o/
    Sinceramente, Celle? torço pra quem ele nem entre na lista do Oscar.Há mts outros melhores q merecem mais creditos. Filme-catástrofe ja ta batidão e, realmente, concordo q os efeitos sao mt bons e q dao mesmo uma agonia [eu tb tentei me conter], além da impressao de se sentir la dentro.Mas poderiam maneirar na mentira [mts coisas absurdas q me levaram ao riso] e maneirar na "humildade" tb, pq nada mais nada menos faziam questao de mostrar e ressaltar certa superioridade e poder dos EUA em tudo.Quanto ao simples escritor fracassado se transformar num superman da noite pro dia pra salvar a familia...batido tb, mas ate bonitinho vendo pelo lado romantico da coisa.Também nao gostei de terem abandonado o indiano e da ideia de só os mais poderosos/ ricos e afins conseguirem sobreviver [ mas talvez isso seja uma revolta interna minha por nao ser rica e nao ter 1 bilhão pra entrar numa arca huahu]. Ah,lembrando tb q achei tosquinha a cena em q aparece o Rio de Janeiro dentro daquela tvzinha chuviscada com um cara falando um portugues torto e forçado. hahaha (achei maior propaganda enganosa aqueles posteres de divulgaçao...)
    Agora, me desculpe, Cusack é otimo ator e tal...mas sexy? pior q olho pra ele e sempre me lembro do deseperador 1408!:S O cara bonitao era o Sasha, q tava bem sim mas infelizmente MATARAM!:/ huahuhaha
    Enfim, meu comentario parece um pouco revoltado mas o filme nao eh ruim, nao!Por isso é melhor corrermos logo pra Africa antes de todo mundo, que aí até economizamos 1 bilhaozinho na conta! =D
    beso

    ps: meu coment bugou duas vezes antes desse :S

    ResponderExcluir
  6. Eu vi o filme com essa moça bonita aqui de cima. Bom saber que ela pretou bastante atenção no Sasha... Bom, nada contra os Blockbusters, cinéfilo de verdade da o devido valor a esses filmes, mas dessa vez não gostei, oq vi novamente foi Roland Emmerich brincar de destruir o mundo e exibir efeitos visuais mais modernos. Faltou criatividade.

    ResponderExcluir
  7. /\ Atóron Spoilers!
    Pessoa de baixo, não conte nenhum fato sobre o filme, tipo : "Alguém morreu". Putz.. .¬¬

    Eu ainda tô aqui tentando me decidir, filme assim me dá aflição. Geralmente quando só os EUA se danam, eu gosto. Mas quando é o mundo todo, eu fico nervosa!

    Hmm.. Ver ou não ver?

    ResponderExcluir
  8. Vamos esperar pra ver em 2012 :D
    Ei, ja viu o lua nova? O que achou? Estou na duvida entre ver e nao ver :D

    ResponderExcluir
  9. Sim, Camila, por isso qu minha amiga Ana - amiga da Dani tbm, sabe quem é? - ficou me eprtubando o filme todo ^^
    Ah, Camila 2... Eu aconselho voce a ver. É divertido ver o mundo todo destruído. Dá aflição, mas voce ri mais do que não sei o quê.

    Vlad, não, não vi Lua Nova. E nem quero ver. Crepúsculo foi ruim³ o suficiente! Hehehehe

    ResponderExcluir
  10. Eu vi! Claro que tive que vir contar...
    1. Eu vou morrer;
    2. Realmente eletrizante;
    3. Eles pegaram todos os filmes de catástrofe com seus efeitos especiais, colocaram farinha e comeram tudo.
    4. Já criei um slogan (Como o Charlie) pra mim...
    =*

    ResponderExcluir