sexta-feira, 10 de abril de 2009

Cansada, atolada, mas ainda pensando no cinema.


Como essa vida de trabalhadora está me matando! Nunca tinha trabalhado + estudado + sido dona de casa de uma vez só e estou arrancando os cabelos! Por isso que vi dois filmes nesse tempão sem postar e nem tive tempo de comentar aqui sobre eles. Mas, como não quero deixar meus leitores órfãos das minhas lindas palavras (COF COF!) venho aqui meio correndo para escrever sobre essas duas obras - uma prima e a outra nem tanto - assistidas por essa simples mortal.


• The Spirit - Esperava mais, beeeeem mais desse filme. Não quer seja ruim, longe disso, mas fui levada pelos ecos de 'Sin City' e criei muita expectativa. A história é muito legal, o visual do filme é impecável,agora ficou faltando aquele toque especial. Faltou algo que realmente mexesse com o espectador.


• Watchman - Quanto a esse, não faltou toque nenhum, não faltou magia, não faltou nada! A obra 'inadaptável' acabou maravilhosamente adaptada, deixando desde fãs mais árduos a quem nem conhecia a HQ de cara no chão! O visual, a direção, o roteiro - extremamente fiel ao original - o figurino e principalmente os atores estavam no seu melhor. Aliás, os atores foram um caso a parte. Todos os personagens convenceram. No entanto, o melhor de todos pra mim foi o Rochester! - sei que nao é assim que se escreve tá - que acabou ganhando mais uma pequena fã. O cara é um gênio, sarcástico até o último fio de cabelo e a máscara dele estava mágica. Além de tudo, tem papel fundamental em todo o funcionamento do filme e é o grande astro de um final estupendo.

Só que tenho que dar uma dica: você, leitor, que deseja ver 'Watchman', primeiramente deve se livrar de todas as imagens de filmes de super-heróis já feitos, como 'Homem-Aranha' e 'X-men'. Tudo o que você vai ver nessas quase três horas é completamente diferente de todos os outros nesse molde. 'Watchmen' é adulto, forte e intenso. Perfeito. Vale muito, muito a pena. E preparem-se para uma experiência alucinante que jamais será esquecida.


Beijos cinéfilos! ;*


Um comentário:

  1. esse filme é perfeito!! o melhor do ano (q alguns criticos hipocritas, e um monte de gente q só consegue ver filme de comedia romantica jamais vao adimitir)tudo ´perfeito no filme, desde a abertura com música de bobb dylan contando uma passagem de tempo até o fim adaptado, tudo ´perfeito, os atores, atuaçoes, enredo, efeitos, tudo, pra quem quer se aveturar por esse mundo de alan moore é um ótimo filme pra se ver afinal esta noite um comediante morreu na cidade e "Quando se percebe que tudo é uma piada, ser O Comediante é a única coisa que faz sentido."

    ResponderExcluir